Holocausto Canibal (1980)

Holocausto Canibal. Provavelmente poucos de vocês ouviram falar desse, que foi um dos mais polêmicos filmes já lançados. Dos poucos que ouviram, contam-se nos dedos os que tiveram a coragem e o sangue frio de resistir até o final. Até aí tudo bem. Fazer um filme polêmico está ao alcance de todos, daí a ser preso por sua realização é algo que ninguém espera. Foi o que aconteceu com o diretor italiano Ruggero Deodato após as inúmeras controvérsias geradas pela estréia de Holocausto Canibal em 1980.

Mas do que se trata o filme? Depois do desaparecimento de quatro jovens cineastas que realizavam a produção de um documentário na Amazônia, o professor da Universidade de Nova York, Harold Monroe (Robert Kerman), parte em busca da verdade sobre o que aconteceu aos documentaristas. Lá, estabelecendo contato com tribos selvagens, e de uma maneira bastante cordial, consegue recuperar os rolos de filme utilizados pelos cineastas, e retorna à cidade. Mas as imagens ali encontradas não foram nada agradáveis. Os quatro jovens foram brutalmente assassinados e devorados por canibais.

Aí está a polêmica do filme.  A forma como Deodato nos mostra isso é tão real, que muitos acreditaram que os atores realmente foram mortos. Essa crença foi fortalecida pelo fato de existir um contrato firmado entre diretor e elenco, estabelecendo que estes só poderiam mostrar as caras em qualquer instrumento de mídia depois de um ano da estréia do filme. Estreado em Milão, após dez dias a produção foi confiscada e Deodato preso, tendo que enfim, provar que as mortes não foram reais – apresentando os atores em um programa de televisão italiano – explicando como foram feitas. Todavia, são inegáveis as mortes de animais. Estas realmente aconteceram, sendo a produção duramente criticada.

Não assista se não tiver barriga forte. Um filme realmente pesado.

 

Em uma carta que Sergio Leone (grande diretor italiano) escreveu para Deodato dizia: “Querido Ruggero, que filme! A segunda parte é uma obra mestre de realismo cinematográfico, mas tudo parece tão real que acho que te meterás em vários problemas”

O filme é uma grande obra do cinema que não pretende apenas mostrar atos cometidos por selvagens canibais, mas sim lançar uma crítica à sociedade moderna comparando-a com as tribos silvícolas. Na frase proferida pelo professor Monroe no fim do filme, isso é facilmente percebido: “me pergunto quem são os verdadeiros canibais”.

Mas quero poupá-los de detalhes sobre o filme. Vocês terão que assistir para entender as críticas que Deodato faz à civilização hodierna. Logo avisando que, não é pra qualquer um. Contendo cenas fortíssimas de estupro violento, assassinatos brutais e tortura, Holocausto Canibal foi proibido em diversos países e considerado um dos maiores filmes de terror da história, e entre os vinte mais controvertidos. Para os cinéfilos e apreciadores do estilo, se torna um filme indispensável.

________________________________

Lincoln Ferdinand

53 respostas para Holocausto Canibal (1980)

  1. Igordx disse:

    Fiquei curioso, vou ver algumas cenas, mas…
    Assisti eu acho que não, esse não faz meu estilo!! hsauhasuhuashuas

  2. Emmanuela disse:

    Este foi uma descoberta mesmo !
    Estou certa de que nunca ouvi falar. Agora só falta coragem para conferir depois destes alertas. Parece muito chocante.

  3. ezequiel disse:

    massa o filme, nao o conhecia. lembra um pouco a revolucao cinematografica feita e tambem criticada por buñuel, anteiror a este. valeu o bom gosto, abraco.

  4. nestor disse:

    aaaaaakakka…assisti esse filme domingo passado, muito bom, pra quem curte gore, esse filme é brutal death metal!!

  5. pedro henrique disse:

    Cara na bou n sei se sou um cara sangre frio, mas n vi nada de mais nesse filme, certeza que tem muito filme e ate msm clips de musicas que são muito mais polemicos que esse filme, talvez na epoca que o filme foi lançado ele fosse muito polemico mas isso de ter coragem de ver ate o fim da nada n, filme normal tranquilo da ate p rir um pouco, mas recomendo que baixem muito trash o filme otimo poste cara, abraço…

  6. Lucas Ditongo disse:

    Havia assistido esse filme a algum tempo atrás, no bem da realidade, quando se mataram os turistas, percebemos claramente que não estão cortando pessoas, é outro tipo de material, de qualquer forma, a parte que matam uma tartaruga é insana, e me deixou indignado com a brutalidade empregada na execução do pobre animal.

    Por essa cena sim, ele deveria ser preso.

  7. dgfgf disse:

    eu procurei esse filme e achei muito bom mas meu irmao vomitou por todas as mortes

  8. carlos vinicius disse:

    ja li sobre este filme a um tempo atrás, quando procurava por torturas antigas, caiu nele por causa do empalamento que é mostrado logo na primeira foto(no site ocioso).
    não me interessei por ver o filme, é muito, muito demais para mim ^^.
    prefiro meu apocalypto mesmo.

  9. matheus disse:

    certo q vo assistir! se eu tiver estomaqgo! uns 4 ou 5 estomagos ainda :S

    haha

    http://osboneco.blogspot.com

  10. Alexandre disse:

    Eu vi o filme, faz tempo em 2005. Assim, nada demais. So me doi saber que existem tribos que são assim ainda nos tempos de hoje.

  11. cris disse:

    nova plataforma de agregação de blogs

    http://www.yperlink.com/

    siples, mas eficientes

  12. www.glugu.com disse:

    uhahushuashuahs nem quero tomar conhecimento

  13. Rodrigo disse:

    assisti esse filme a mais ou menos um mes atraz, nada demais além das mortes dos animais, achei um pouco nogento, mas achei o filme normal…

  14. Mauricio Carvalho disse:

    Tive a oportunidade de assistir este filme no cimena na epoca muito chocante, sem contar a falta de recurso tecnologico, muito convincente pra epoca, mas só uma curiosidade quem assistiu vai entender bem que os americanos mereceram ser comidos eles causaram muito terror nas tribos sem nscessidade alguma ironicamente eram os que se achavam educados quanta barbaridade.

  15. joão disse:

    Baixei o filme da primeira vez que você fez o post (oooollllddd)… Uma merda. Nem dá medo… A pior parte talvez foi a da tartatura, mas já vi coisas piores sendo feitas com tartarugas -eles nem colocaram ela viva na fogueira pra cozinhar dentro do casco depois de tirar a parte que recobre a barriga!-.
    Um lixo, nem dá medo essa po#!@$%a!

  16. Mundo Drive disse:

    Fiquei morto de curiosidade de ver o filme!

  17. Albert disse:

    Foi a maior perca de tempo da minha vida, baixar e ver essa merda de filme. Curto d+ cenas fortes, sou fã do Tarantino e Mel Gibson, ja assisti todos os filmes deles. Essa Holocausto Cannibal é ridículo, não tem roteiro e as cenas das mortes é tão fake que eu achei que esse filme fosse comédia em vez de terror, até meu sobrinho de 9 anos deu risada de como bizarro são as cenas. Só os animais que são cenas reais pq eles os mataram de verdade, por pura covardia pq nenhum diretor se consagrou matando animais.

  18. Klaus Kinder disse:

    Insano esse filme!
    Maus tratos desnecessários a animais! Que eu me lembre foram: a matança da tartaruga(a degola dela é cruel), de um gambá (esfaqueamento até o cérebro) e de uma jiboia (como se fosse uma cobra venenosa).
    É pesado sim! Mas, muito mais que pesado é tosco e bobo!
    Pouco mais de uma hora e meia perdida em minha vida!

  19. Janine disse:

    QUERO VER *-* hahahaha, onde posso encontrar alguem sabe?

  20. Paulo disse:

    na minha ordem de filmes de cannibais eu consigo achar Cannibal Ferox bem melhor do que Holocaust,mais é questão de gosto mesmo.Cannibal Holocaust é cruel de mais,nada agradável de se ver.

  21. JOAO disse:

    opa até que enfim achei um blog que faz um bom comentario sobre filmes…. já está em meus favoritos e com certeza agora que eu quero ver este filme.

  22. pinto ernesto disse:

    estou muito curioso de ver este filme
    tavez eu diga a
    lgo

  23. Assisti este filme no cinema, quando era adolescente e nunca mais consegui encontrá-lo. Muito bom o post! As pessoas que criticam estão acostumados com efeitos de última geração. Estamos falando do início dos anos 80. Lembro-me que saí do cinema passando mal. Ia curtir a noite em uma discoteca, mas não consegui. Fiquei sentado na calçada, com a pressão baixa por causa das cenas fortes.

    • cinemafiablog disse:

      Ótimo ver a opinião de alguém que viu o que esse filme causou às pessoas na data de seu lançameto. O Filme não é só uma carnificina. Isso é secundário. A pretensão maior de Deodato é criticar a sociedade moderna, e isso o povo não entende. Vê o filme com os olhos voltados apenas para a violência e o sangue, e tenta achar um filme mais pesado. Não é questão de mais pesado, ou fraquinho demais. É a crítica que o filme passa, e a técnica usada na sua concretização. Isso levando em consideração o ano do seu feitio. Muito Obrigado José Marcos. Esteja sempre nos vistiando.

      Abraço

      • ::: Eu é que agradeço por rever este filme em um post muito bem elaborado como o seu. Procurei por muito tempo, pois me marcou muito na adolescência. Hoje parece bobinho, mas era muito diferente em uma época em que coisas como “Avatar” nem em sonho. Forte abraço!

  24. Mêlanie disse:

    Nunca tinha ouvido falar. Vou ter que assistir.

  25. Vermelho disse:

    Filme ruim..e sonolento..matança de animais totalmente desnecessária, gostam de gore? assistam fome animal esse sim um bom filme…

  26. leonardo frança disse:

    Boa tarde!
    onde consigo assistir o filme? mande no meu email um link para download e me confirme se tem ele na versão legendada em português. grato!

  27. Lucas disse:

    Cannibal Ferox eh bem melhor

  28. Jitana Cardins disse:

    Não tive coragem de assistir! Lincoln me mostrou algumas cenas, mas como pessoa fraca para filmes desse tipo que sou, nao consegui mesmo permanecer olhando para a tela por muito tempo… Para quem curte com certeza é uma boa pedida!
    Meninos, parabéns pelos acessos!

  29. Luiz Roberto de Paula disse:

    Sou médico dermatologista e assisti esse filme num festival de filmes de terror qdo estava em Bauru ,era médico residente 1985/6….assino em baixo …mto bem feito , tivemos ( eu e os outros medicos q assistimos o filme na epoca) duvidas qto a realidade das cenas… p/ mtas pessoas q estavam no cine as cenas eram repugnantes… tivemos de atender algumas pessoas q enjoaram durante o filme..

  30. Priscila disse:

    Bizarro…. O_o’

    Fiquei curiosa, vou dar uma olhada… =D

  31. Edu Aurrai disse:

    Sem contar que foi o precursor de filmes como “A Bruxa de Blair” e “Atividade Paranormal”. E o Eli Roth também chamou o Deodato para fazer uma participação no seu Hostel. Não me lembro se foi o primeiro ou o segundo.

  32. Chops disse:

    animal uhahuauha
    adoro filmes assim :D

  33. Só na Zueira disse:

    Visitem também :www.sonazueira.com

  34. Heather disse:

    Já assisti, não é tão tenso assim. Já vi piores, haha.

  35. Maria disse:

    Grande filme! Eu acredito que este seja um filme com argumento e uma critica consistente, dirigido por um italiano que, da forma mais cruel que eu jamais havia visto antes, choca duas realidades que eu acredito que ainda existe: povo civilizado X povo primitivo (DE cultura canibalesca), usando um “grupo de americanos” pra explorar? Documentar? Exterminar?… Aquele povo que vive uma realidade alternativa que muitos de nós “civilizados” tanto repudiamos, não conhecemos e ainda desrespeitamos.
    Agora, pros que maldizem esse filme (mas, é claro que nem todos têm a obrigação de agradar-se dele, como também não tem a obrigação de assisti-lo), pergunto: de onde sai o peru que eles comem no natal?
    Contudo, é inegável que certas cenas se não tivessem sido filmadas, como a “tão famosa cena da tartaruga”, não fariam falta no filme, mas, troquemos a tartaruga por uma galinha caipira (ficaria mais natural?). E, ainda assim, a cena que sintetiza todo o filme, pra mim, é a da borboleta: delicada, sutil e tão cruel quanto às demais.

  36. Lincon Santos disse:

    Excelente post. Ainda não vi o filme, mas certamente o baixarei e o verei. Quero ter a certeza de que a baixeza humana e covarde contra animais (hoje comuns na net, em sites aberrantes) e falhas técnicas relatadas por amigos e outros cinéfilos corajosos (índios estuprando enquanto estão “vestidos” e balançando o corpo artificialmente), não prejudicam a propalada crítica social alegada pelo diretor Deodoido em questão. Espero me surpreender.

  37. luiz felipe disse:

    filme incrivel para quem gosta de filmes de terror,assisti todo o filme,algumas cenas são muito nojentas,principalmente a parte da tartaruga ( se tiver estomago fraco,não veja essa parte) mais e isso,incrivel filme,nota 10! você deveria colocar (ou se ja tiver) o filme todo do “laranja mêcanica”,outro filme violento,mais muito bom,pois mostra a mente de pisicopatas estuprando,matando e agredindo as pessoas

  38. luiz felipe disse:

    mais a cena da tartaruga foi demais…foi um absurdo ver a crueldade de pessoas matando um animal indefeso.. o mesmo pro gambá…gostei do filme inteiro,principalmente da cena do empalamento,mais a cena da tartaruga e do gambá…foi demais,fiquei enjoado de ver a cena da degolação e fincando a cabeça do gambá,o diretor devia ser preso,junto com o elenco,por ter matado vários animais,que não tinham nada a ver com o filme,fora isso,filme bem criado,nota 10

  39. efraimsantos disse:

    eu tive uma das piores ideias da minha vida de assistir a esse filme é muito bizarro,apelativo,e cruel, não recomendo para quem tem estomago fraco (como eu),pessoas sensíveis ou que se impressionem facilmente, o estilo de filmagem saem completamente do padrão do cinema convencional, ao estilo de bruxa de blair e atividade paranormal, nossa a cena tartaruga…argh… é horrível sim mais a pior de todas pra mim é onde um recém nascido acaba de nascer e é enterrado vivo e sua mãe morta a golpes de porrete…..nossa fiquei vários dias sem dormir me arrependo até hoje, mais a deixo a ultima fala do filme:”fico me perguntando quais são os verdadeiros canibais” quem assistir vai entender……

  40. Tati disse:

    Filme nojento de uma violência gratuita e desnecessária para com os animais… Sou vegan,mas uma coisa é matar um bicho para alimento,outra coisa é matar covardemente e de forma cruel 3 animais indefesos,e o pior é que as cenas são tão nojentas,que embrulham o estômago,não só pela covardia de quem os fez,mas pelo pertubardor prazer em matar e humilhar bichos indefesos.Esse monstro desse diretor deveria ser preso e banido do Brasil na época.Um verdadeiro lixo. E para os curiosos,essa droga foi exibida gratuitamente em uma sala de cinema da cidade de São Paulo,em 2011,não sei como ainda tem coragem de exibir essa droga!

  41. Pena que o link pra assistir está quebrado queria tanto ver :/

  42. Lucas disse:

    Filme imbecil. Atores ruins, roteiro medíocre, mensagem manjada.
    Lixo sem inspiração, e fica pior ainda porque o idiota tenta chocar mostrando mortes de animais.

  43. PARAZÃO disse:

    FILME LOUCO!!! MUITO BOM…MELHOR EXCELENTE! PRINCIPALMENTE SE LEVARMOS EM CONSIDERAÇÃO O ANO DE GRAVAÇÃO. APESAR DE ALGUMAS CENAS PESADAS!
    A TEMÁTICA ABORDADA DEIXA UM QUESTIONAMENTO NO AR…E ISSO QUE DEVE SER VALORIZADO. PESSOAS QUEREM VIM PRA AMAZÔNIA A TODO CUSTO TENTADO COLOCAR “GOELA ABAIXO” NOS OS ÍNDIOS DA REGIÃO COSTUMES, TRADIÇÕES TOTALMENTE CONTRÁRIAS A SEU MODO DE VIDA… E BLÁ, BLÁ, BLÁ… RESUMINDO FILME EXCELENTE E MUITO REFLEXIVO, APESAR DE CENAS DE VIOLÊNCIA! JÁ TEM O 2 NO YOUTUBE.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: