Rocket Science (2007)

O texto que segue possui spoilers. Hal Hefner (Reece Daniel Thompson) entrou para o grupo de debates da escola. Os integrantes do grupo participavam de competições que exploravam o raciocínio rápido, a coerência argumentativa e, sobretudo, a boa oratória. No entanto, havia um detalhe que fazia de Hal um indivíduo ousado: ele era gago.

O que levou Hal a tomar essa decisão corajosa foi aquilo que motiva as iniciativas mais impetuosas de um homem: um rabo de saia. Nesse caso, era um rabo de saia inteligente, a articulada Ginny Ryerson (Anna Kendrick), líder do grupo de debates. Em um belo dia, ela disse para Hal que ele tinha potencial para debater, e assumiu a responsabilidade de lapidar o seu talento adormecido.

“Rocket Science” é um filme independente e propõe a desconstrução das temáticas Hollywoodianas de superação, tal qual “Pequena Miss Sunshine”. Nós passamos o filme inteiro torcendo pelo gaguinho, acreditando que ele encontrará uma técnica fonoaudiológica inovadora e arrasará nos debates, transformando-se assim num Fidel Castro. Esperamos o milagre da força de vontade. Mas ele não consegue, embora tente com todas as suas forças.

Além da gagueira de Hal, que por si só já é engraçadíssima, vários personagens contribuem para que “Rocket Science” seja uma comédia imperdível. A história sofre uma reviravolta ótima e transforma a busca de Hal pelo sucesso nas competições de debates, em uma questão de honra.

A mensagem de “Rocket Science” é a seguinte: por mais que sejamos perseverantes, possuímos limites. Eu, por exemplo, queria ser vocalista de banda de Rock, mas sei que meus dotes vocais não permitiriam a concretização desse fantástico acontecimento. Quando nos deparamos com barreiras intransponíveis apresentadas pela vida, resta-nos aceitar nossa condição e tentar investir nosso desempenho naquilo que realmente conseguimos fazer. Sabemos que a persistência é uma virtude capaz de realizar sonhos impensáveis; vez ou outra, conhecemos casos incríveis de superação, mas nem sempre a vida segue o roteiro de um filme clichê.

________________________________

Marcelo Cardins

3 respostas para Rocket Science (2007)

  1. Victor disse:

    Este filme é mto bom!

  2. Joaquim disse:

    Há anos já querendo ver esse filme, e não acho onde baixar.

  3. quequequero assistir esse fifilme. abração ae

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: