“Happythankyoumoreplease” (2010)

____________________________________________________________________________

Apesar de ser mulher, não sou fã do gênero comédia-romântica. E não é preconceito da minha parte achar que toda mulher deveria gostar, é um conceito já formado de que 99% de nós gostamos de leves histórias de amor com um pequeno toque humorístico.

Portanto, quando fui chamada para escrever aqui e soube que um dos motivos era o anseio em levar para o público uma ‘visão feminina’ do cinema, me senti na responsabilidade de tentar buscar algo de bom no meio desses filmes que os homens só assistem para tentar arrumar uma namorada (estou mentindo?).

Comecei a pensar e vi que já havia alguns na minha lista: Simplesmente Amor (um dos meus filmes favoritos); O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (mas esse nem conta, todo mundo ama); Apenas O Fim (nacional maravilhoso); Uma Noite de Amor e Música; Por Uma Vida Melhor; 500 Dias com Ela;… São alguns bem poucos que salvam, e costumam ser europeus, mas eu tinha que tentar.

Passei a semana atrás. Assisti algumas belas porcarias até que surgiu um que já me chamou atenção só pelo cartaz.

“Happythankyoumoreplease”. Assim mesmo, sem espaço entre as palavras. Esse foi o filme que coloriu meu dia hoje.

O diretor é o Josh Radnor, aquele mesmo, que é ator de “How I Met Your Mother”. Além de dirigir, ele é o roterista e faz o papel principal no longa. Parece com o meu querido e amado Woody Allen, né? E se essa foi a sua estréia, já estou ansiando pelos próximos trabalhos dele, prometem.

O resto do elenco também é muito talentoso. Zoe Kazan, Kate Mara, Malin Akerman, Tony Hale e Pablo Schreiber fazem bonito e criam personagens reais e cativantes em uma história que tem uma sinopse simples: moradores de Nova York lidando com o amor. Mas será que isso também não lembra o diretor que usa óculos de aros grossos?

É claro que existe uma trama por trás, o que torna as coisas mais interessantes. O protagonista é Sam, que vê um menino se perder da mãe adotiva no metrô e decide levá-lo para casa. Não quero contar mais, não quero estragar nada para vocês.

Na verdade, quero fazer diferente hoje. Quero pedir, carinhosamente, que todos os leitores que tremem quando a namorada fala que quer assistir um filme que tem a Jennifer Aniston no elenco procurem “Happythankyoumoreplease” e percam/ganhem um pouco do seu tempo assistindo.

Eu garanto uma experiência adorável e a quebra de um preconceito.

________________________________

Renata Nóbrega

 

6 respostas para “Happythankyoumoreplease” (2010)

  1. Gabriel Neves disse:

    Um texto para quem cansou de ver comédias românticas meia-boca com a mesma história e as mesmas caras de Katherine Heigl, Adam Sandler, Jennifer Aniston… Já me ganhou, vou procurar o filme com certeza.
    Abraços.

  2. licedoa disse:

    Gostei da dica, parece ser bem leve e mais pé no chão do que a maioria das comédias, nunca tinha ouvido falar apesar de conhecer o cara de HIMYM…
    =1

  3. Kenia disse:

    Adorei a dica e os filmes citados, mas “Apenas o fim”? Foi o pior filme que eu já assisti na minha vida. A história é bem mais ou menos e os atores péssimos!

    Ótimo post!

  4. Tati disse:

    Adorei a dica! Ja vou atras desse filme ai. Só queria dizer q “500 dias com ela” não é um fime mto bom, bem pé no chão, bem diferente da maioria das comédias românticas!

  5. kaka disse:

    Ops!! Já vou procurar tbm…

  6. Krause disse:

    Eu não sou muito fã desse gênero, até o Woody Allen que tem o seu mérito, pra mim só em doses homeopáticas. Mas como em todos os gêneros existem os bons e os ruins, vai saber…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: