Sonhando Acordado (2006)

E aí, galera? Como vão? O negócio aqui está meio parado porque o tempo está correndo para nós da equipe cinemafia. Mas sempre que pudermos daremos uma atualizada nas coisas. Vamos lá!

O onírico sempre me interessou bastante na arte. Seja na pintura de Salvador Dali ou no cinema de Luis Buñuel, esse tema tratado de forma bem surrealista, como foi por estes caras, chega a ser assustador de tão interessante. Esse longa aqui passa longe de ser uma grande filme, mas merece um certo olhar. Além de a temática já citada ser bem legal, o diretor do filme queridinho da galerinha cult, Michel Gondry de Eternal Sushine, também está nas rédeas desse aqui – isso foi definitivo para merecer meu tempo no sofá.

O filme trata de um cara chamado Stéphane Miroux (Gael Garcia Bernal) que, desde criança, tem dificuldade para distinguir sonho e realidade. Quando em sonho, é apresentador do programa “Stéphane TV” que discute acerca da ciência do sonho. Se já não bastasse essa confusão, a imensa criatividade dele não ajuda muito a separar as coisas. Apaixona-se por sua vizinha e quase xará Stephanie (Charlotte Gainsbourg), mas ela, embora “coma corda” (pelo menos inicialmente) das maluquices dele, acaba por querer não se envolver; ele tentará descobrir em seus sonhos o motivo – bem freudiano nosso personagem!

 Acho que é só isso mesmo. O filme é legal, mas não há nada de muito complexo nele não; e esse, a meu ver, foi o maior ponto positivo da obra. Tratar de um tema difícil com simplicidade foi o mérito maior do diretor. As imagens são bem legais: a criatividade materializada foi muito legal de assistir. Uma palavra sobre esse filme: legal.

 É um filme leve de atuações medianas. Bernal não estava num papel que o deixou muito seguro e Charlotte acabou tomando o foco nesse aspecto. O clima do filme é legal e o francês é muito agradável aos ouvidos. É inevitável a comparação com Eternal Sunshine, mas acho que só cabe o fato de terem a mesma direção; no mais, é tudo bem diferente  na minha humilde opinião. Enfim. O filme cumpre o escopo de alar a imaginação do cinéfilo. Vale conferir, gente!

________________________________

Ezequiel Fernandes

2 respostas para Sonhando Acordado (2006)

  1. Johnny disse:

    Michel Gondry é um diretor fantástico, não só de grandes filmes com otambém de videoclips sensacionais

    o cara é muito bom no que faz

    http://1001videoclips.wordpress.com/2011/09/08/grandes-diretores-de-videoclips-michel-gondry/

  2. Acho o filme uma viagem fantástica. Gondry na sua vasta carreira videoclíptica tenm obras muito interessantes. “brilho eterno” é mais do que cult. Pena que ele tenha se comercializado na Hollywood do cinema.

    Abs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: